Exercícios de felicidade
Empresas
Relacionamentos
Paternidade e Escolas
Saúde
Origem » adversidade, Todos

Aumente o Sucesso e a Paixão: Conte Uma História Melhor

por em 09/08/2012 – 2:29 pm  Nenhum comentário
 

Christine Duvivier, MAPP '07, Têm a missão de libertar os talentos ocultos em todo jovem adulto. Como líder em mudança positiva, Christine desafia a noção de que têm algo errado com os adolescentes que nâo apresentam o melhor desempenho acadêmico. Ela propõe um novo modelo baseado em suas pesquisas e experiência em mudança positiva. Em vez de perseguir notas e resultados de testes padronizados, seu modelo afirma que cada estudante é talentoso e livre para desenvolver, e apresentar talentos inatos na escola e carreira. Web site. Bio Completa. Os artigos da Christine estão aqui.



Positive Psychology News Daily, 11 mai 2012. Traduzido por Gilmara Ebers

Você sabia que é um contador de histórias? Ou que você está apenas a uma história de distância do que você realmente quer?

A maioria de nós não reconhece que temos algumas narrativas centrais percorrendo nossas vidas porque as histórias que contamos a nós mesmos são tão familiares que nem percebemos que são histórias.

A maneira mais fácil de ver isso é perceber as histórias das outras pessoas. É irônico que mesmo quando você não pode ver claramente sua própria história, você pode facilmente ver a história que um amigo, um funcionário, ou estudante está contando para si mesmo.

Enquanto os detalhes da história frequentemente diferem, há fios comuns que correm por todas elas. Aqui estão alguns dos fios que tenho ouvido de clientes recentemente:

“Não posso confiar nos outros,”

    Contador de histórias

“Não sou inteligente,”

“Tenho que estar no controle senão as coisas não vão dar certo para mim,“

“Tenho que ficar moído de tanto trabalhar para que eu seja uma pessoa decente”

“Eu não sou amável,”

“As pessoas não fazem do jeito que eu quero que façam,”

“Tenho tendência a ficar depressivo,”

“As pessoas populares normalmente não gostam de mim,“

“Tenho que me preocupar e tentar controlar o comportamento de outras pessoas ou as coisas não vão melhorar,”

“Sou deixado de fora,”

“Se eu fosse um bom [marido, esposa, filha, filho, amigo], eu faria o que ele/ela quer que eu faça.”

“Não posso ter o que quero,”

“Não sou apreciado,”

“Não sou bom o suficiente,”

Porque sua história é importante?

Poderia ser um caso de vida ou morte. Em um estudo com freiras escolhidas porque tinham que escrever uma curta autobiografia ao entrarem para o convento aos 18 anos, Deborah Danner e colegas descobriram que as adolescentes que contaram suas histórias de vida mais positivamente foram 2.5 mais prováveis de estarem vivas seis décadas mais tarde do que aquelas que contaram suas histórias em uma luz mais negativa.

Sua história também é importante porque as histórias que você conta a si mesmo podem elevar ou inspirar, ou podem soterrar paixões, frustrar, manter você se arrastando, e deixá-lo se sentindo atolado. Por exemplo, Steve supervisiona uma empresa e está frustrado com a aversão à riscos de seu chefe, o qual deixa Steve se sentindo como se estivesse correndo muito em uma esteira. Steve descobriu uma nova linha de produto e acredita que esta trará nova vida para a empresa, e enquanto esta linha utiliza algumas das capacidades atuais da empresa, é uma empresa inteiramente nova para eles. Quando ele trouxe a idéia para seu chefe e colegas, a maioria não foi receptiva e seu chefe, embora não tenha rejeitado totalmente não se dispôs a considerar a proposta e tomar uma decisão.

Ao olharmos para os elementos da história de Steve, ele percebeu que tem diversas histórias que está contando a si mesmo cujos temas são: “Trabalho para um chefe que não é bom para tomar decisões… Estou trabalhando demais, mas não estou tendo muito progresso… Estou competindo com meus colegas por escassos recursos de investimento… e vários dos meus colegas são bastante indigestos-eles não gostam de grandes chances”. Ao olharmos para esses temas, Steve reconheceu que essas são histórias que ele contou a si mesmo em diferentes maneiras, com diferentes pessoas, por anos. E ele chegou a reconhecer que esta combinação de histórias o deixou se sentindo preso.

Então ali estava Steve, se sentindo preso como indivíduo e como um líder. Como você imagina que seus funcionários se sentiam, mesmo que Steve não tenha dito a eles explicitamente o que estava acontecendo? Você não apenas afeta você mesmo com suas histórias, mas afeta as pessoas à sua volta com suas histórias, quer você conte-lhes as histórias ou não.

Uma da maneiras mais poderosas de se desprender, desencadear a paixão, e criar mudanças positivas que você quer em sua vida, em sua família ou em sua organização é mudar sua história. Frequentemente nós temos repetido nossa velha linha de história tantas vezes que, como Steve, nos esquecemos de que é só uma história que estamos contando, não a realidade.

Crie Uma Nova História em 3 Passos

Descobri que não são os eventos da minha vida que permitem ou impedem meu sucesso no amor, no trabalho e felicidade, é a história que estou contando a mim mesma e posso mudar minha história. Aqui está como você pode contar uma história que aumenta o sucesso e a paixão:

  1. Comece por nomear sua velha história. Pergunte-se, como eu resumiria a história da minha vida, meu trabalho, ou minha família em uma frase?
     
  2. Pergunte-se, como posso contar uma história diferente sobre onde quero estar no futuro? Escreva alguns parágrafos com sua nova história, como você gostaria que seu futuro fosse e (essa é a parte mais importante): sinta o quanto é bom estar nessa nova história.
     
  3. Escolha uma frase que pode dizer a si mesmo que o lembre de sua nova história e comece a dizê-la. Dica: Certifique-se de que é algo que o faça sentir-se bem quando você diz.

Reescrevendo a História de Steve

Primeiramente identificamos alguns dos temas da história de Steve (Passo 1).

Então ele pensou em como poderia mudar uma de suas histórias para que pudesse sentir alívio e começasse a construir um novo otimismo (Passo 2). Ele mudou sua história à respeito de trabalhar demais sem muito progresso, para uma que o fizesse se sentir melhor: “Eu gosto de me atirar no trabalho, e o que estou fazendo agora é lançando sementes, algumas das quais irão criar raiz e crescer.”

Steve escolheu, “Lançar sementes de crescimento” como a frase que ele iria repetir para lembrar a si mesmo de sua nova história (passo 3). “Após ter saído da minha cabeça e mudado o que eu estava dizendo para mim mesmo, senti que tive uma nova energia”, disse Steve.

Qual é sua melhor história?
 


 
Referências:

Recursos da Terapia Narrativa Portuguesa

Danner, D., Snowdon, D., & Friesen, W. (2001). Positive Emotions in Early Life and Longevity: Findings from the Nun Study. Journal of Personality and Social Psychology, 80(5), 804-813.

Duvivier, C. (2007). Appreciating Beauty in the Bottom 80™. Philadelphia: Capstone Study. University of Pennsylvania.

Duvivier, C. (2010). No Worries, Andy! Immunize Yourself Against Job Anxiety

Hicks, J. & Hicks, E. (2007). The Astonishing Power of Emotions: Let Your Feelings Be Your Guide. New York: Hay House.

Kotter, J. (2006, April 12). The Power Of Stories Forbes.com

Kotter, J. & Cohen, D. (2002). The Heart of Change: Real-Life Stories of How People Change Their Organizations. Harvard Business Review Press.

Morgan, A. (2000). What Is Narrative Therapy? (Gecko 2000). Gecko Press.

.

Images
Storyteller courtesy of Marga Mulder
Harlan Ellis telling stories 1982 courtesy of Pip R. Lagenta
Story hour courtesy of New Jersey Library Association
Spring planting lessons courtesy of BEV Norton

Comente!

Adicione um comentário abaixo, ou trackback para o seu site. Você pode também inscreva-se para esses comentários via RSS.

Seja legal. Mantenha-se no tópico, não escreva tudo em maiúsculo e, claro, sem Spam.

Você também poderá utilizar os seguintes recursos:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Este site utiliza ícones Gravatar para identificar os usuários. Para obter o seu Gravatar, inscreva-se em Gravatar.